CONVOCAÇÃO PROFÉTICA 2022: Veja como foi!

CONVOCAÇÃO PROFÉTICA 2022: Veja como foi!

Nos dias 4, 5 e 6 de fevereiro, foi dado o start nos eventos de 2022 na CONVOCAÇÃO PROFÉTICA para pastores, servos e voluntários da nossa igreja.

Foram três dias de encontro, com ministrações focadas no chamado e na missão confiados por Deus a cada pessoa e à Igreja no geral. Contamos com a presença da Apóstola Raquel Vieira que ministrou em todos os dias e alinhou a visão de Deus para a grande comissão deste tempo.


A primeira sessão começou na sexta à noite tendo como tema “A convicção de servo”. No capítulo 13 do evangelho de João, fomos atualizados pelo exemplo do mestre Jesus, de servir com humildade. O Espírito Santo lembrou-nos de que para vivermos o chamado de Deus precisamos começar pelo serviço, pois sem ele não há chamado consistente.
A Apóstola Raquel trouxe a definição de servo na Bíblia. Vimos nas raízes etimológicas da palavra servo o sentido do serviço de Jesus ao lavar os pés dos seus discípulos na última ceia, e que devemos fazer o mesmo.


No sábado, começamos a segunda sessão voltada para a temática “Chamado”, onde o Espírito nos ministrou sobre a importância de Joquebede na formação primária de Moisés e de como isto foi crucial para o chamado de Deus na vida deste grande homem. O caminho trilhado por ele e toda a sua família foi desenhado por Yahweh, uma vez que é notório o quanto eles foram preservados até o momento de Moisés ter se tornado o libertador do povo hebreu. A Apóstola Raquel mostrou o quanto a escolha de Deus por uma pessoa é perfeita e que cada um de nós tem algo específico a cumprir em vida.


A terceira sessão encerrou o evento com chave de ouro ao trazer a urgência do coração de Deus para esta hora na terra! Tanto o domingo pela manhã quanto à noite, tivemos ministrações enfocadas na MISSÃO da Igreja enquanto corpo de Cristo aqui na terra. Com uma pregação expandida, a Apóstola Raquel passeou por textos chaves para explicar o quanto Deus tem pressa em alcançar determinados povos, pessoas e lugares. Contudo, percebemos que Yahweh se move por tempos e não por demandas, mas que precisamos estar alinhados com o seu kairós (tempo perfeito), para que possamos estar plantados no lugar certo, fazendo o que Ele nos enviou a fazer. Seja na igreja local, cumprindo uma função levítica, nos campos, nas repartições, nas nossas casas e aonde Ele nos chamar, devemos estar prontos a atender e jamais sugestionar o Senhor que envie outro em nosso lugar, mas humildemente crer que Ele nos capacitará a cumprir nossa missão.

A Convocação foi encerrada com uma linda ceia. A mesa da aliança foi testemunha do arrependimento e inclinação do nosso coração em gratidão por este tempo de visitação do Senhor, ao nos trazer de volta ao lugar onde nos chamou. 



Com Amor, Equipe de Comunicação e Mídias da Insejeccg.