Congresso 2° Dia (noite): Erguendo uma geração em chamas

A segunda noite do nosso congresso foi dividida em três blocos.

Bate-papo Profissionais em missão

No primeiro momento tivemos o bate-papo Profissionais em missão, mediado por Rosângela Torres. Quatro profissionais foram convocadas a testemunhar das experiências de evangelismo que tiveram e continuam tendo em seus respectivos campos profissionais. Seja nos hospitais, nas lojas, nas empresas, os campos estão brancos. Nosso trabalho é o nosso campo missionário. “Quando você se encontra com Jesus não quer ficar com Ele só para você”, disse Iraci Farias, falando como expandiu o evangelho do Reino em Lagoa de Roça. Ela falou como a experiência de manifestar a vida de Cristo é notada pelo mundo que tem sede de Deus. “As pessoas estão sedentas por Deus, mas elas não sabem como encontra-lO”, e nós somos os responsáveis por demonstrá-lo.

Maritcheline nos falou como foi sua experiência em ganhar uma família inteira para o Senhor através da oração persistente, sem desfalecer. Deus abriu portas para que a vida de sua colega de trabalho fosse alcançada e seu marido também viesse na colheita: “Abriu-se uma célula e a família foi conquistada”. Já com Helionalda a experiência se deu na universidade, um lugar dominado pelo conhecimento humano. Ela nos falou como foi desafiador cumprir o ide nesse lugar, mesmo com as resistências que se levantaram, mas mesmo assim ela encontrou oportunidades nas aulas e falou de Cristo. Por fim, Beatriz Fernandes nos disse que “tudo começa na oração e no lugar secreto, Deus nos mostra aquilo que precisa ser mudado em nossas vidas e quando mudamos nós transbordamos da vida”. “As pessoas lembram de quando ouvem a Palavra por meio de nós”, assim ela nos contou como foi procurada por aqueles que tinham sede, por não ter cessado de plantar sementes.

Lançamento do site

Após o bate-papo vivemos um momento único, onde foi lançado oficialmente o nosso novo site. Émerson Lira, nos apresentou a página, elaborada por ele com o auxílio da equipe ministerial de Mídias da INSEJEC Campina Grande, como a resposta de Deus a uma necessidade que tínhamos como igreja local.

Erguendo uma geração em chamas

Logo após este momento a Pra. Pricila nos trouxe a Palavra com o tema Erguendo uma geração em chamas. A certeza que Deus vai incendiar nesses dias aqueles que já haviam desistido de seus chamados tem sido palpável. “Vamos entrar nas cidades com ousadia e com intrepidez, no poder do Espírito Santo”. Nos deleitamos mais uma vez com o testemunho do que Deus tem feito na cidade da Prata cumprindo suas promessas. A INSEJEC na Prata tem sido uma igreja grande e forte. A Pra. Pricila ainda nos provocou “O que é que aquece o teu coração? Não está fora de moda falar em línguas, orar, jejuar, vir para a torre”. Precisamos ser uma Igreja que ama oração. É necessário que haja exemplos, como se levanta uma geração? Faça primeiro! Uma geração se levanta por meio da perseverança, não posso desistir. Temos a certeza de que tem um mover de Deus reservado para esse tempo, uma liberação de Deus para nossa geração. “Queira o que Deus quer pra você”.

Ouvimos sobre o relato dos primeiros avivalistas do Cariri, homens que foram impactados pela chama do evangelho e levaram a mensagem de Salvação para a Prata e imediações. Quem não tem história não tem raiz, é necessário sermos uma geração que conhece a história. Miguel Salvador nos contou sobre esses homens e nos mostrou o projeto do Memorial aos Pioneiros do Evangelho em Acauã.

Clique aqui e veja as fotos desse momento.