Congresso 1° noite: Compartilhando a salvação

Diante do tema Os campos estão brancos para a colheita iniciamos nosso congresso falando sobre sementes. Em nossa primeira noite a Pra. Joeci Farias nos conduziu a um entendimento do que significa o plantar:

Não podemos parar na nossa função de semeadores, precisamos estar plantando em tempo e fora de tempo, lançando sempre a semente à terra. É necessário cumprir o comissionamento de Cristo nesses dias em que vivemos, e nós “alcançaremos a nossa nação orando, pregando e indo com os nossos pés calçados na preparação do evangelho da paz”.

Nesses dias têm se derramado sobre nós uma convicção de que fomos chamados e precisamos responder a esse mandado divino indo, o Espírito nos renova essa convicção. O IDE diz respeito a fazer a semeadura enquanto se vai, porque quando nós formos ainda pelo caminho, o Espírito nos encherá.

Em que a nossa vida está envolvida? Seja no trabalho, na faculdade, na escola, nossa função é ser agentes. Em tudo o que faço no meu dia-a-dia, nos meus afazeres, eu preciso lembrar que pelo caminho eu devo anunciar o evangelho, meu cotidiano é meu campo missionário. Eu sou um missionário itinerante.

Não despreze o dia das pequenas coisas, plante a semente em todo tempo. O Espírito toma aquela semente lançada e gera. Deus me vê como missionário na minha geração, Ele me vê assim para além do que eu penso que sou. Deus só precisa de mensageiros, porque a Palavra já tem em si o poder de operar o milagre. Nunca subestime uma pessoa que encontrar pelo caminho, lembre-se: nossa função é semear.

Somos o canal do avivamento, e tudo aquilo que ainda nos impede, o poder de Deus vai descer para nos desobstruir. Carregamos uma Salvação poderosa que recria o homem. Diante disso não se deixe paralisar pelo inimigo! Não fique cutucando as feridas que ele lhe fez.

Atos 3:25: Nós somos os filhos dos profetas! Nesses dias receberemos a tocha do avivamento dos sonhos de Deus. Recebemos de Deus um ofício e uma unção para liberar para essa geração. Tudo isso será cumprido porque há uma velocidade do Espírito Santo sobre nossa vida.

“Eu sou uma lenha no fogo de YHWH”. Apresente-se como sacrifício vivo, para queimar no altar. Revestindo-nos pelo Espírito temos poder para dizer não ao diabo, ao pecado, ao mundo. Cumpra-se em nós esta palavra: o Deus de paz em breve esmagará a satanás debaixo dos nossos pés! 

Clique aqui e veja as fotos desse momento.

Texto adaptado por Hadassa Araújo